Inicial > PROJETOS SOCIAIS COM O PODER JUDICIÁRIO > Tribunal participa de ação para reintegrar menores infratores

Tribunal participa de ação para reintegrar menores infratores

Conquanto há pessoas que não acreditem nessa ressocialização, a esperança nunca deve ser abandonada. Se um de milhares de jovens infratores conseguir se ressocializar, já terá valido a pena, pois é uma vida humana que foi salva. Além de muitas outras que foram preservadas de futuras ações delinquenciais deste jovem.
A falta de expectativa quanto a um futuro melhor, a ausência de disciplina, aliada a inexistência de ensinamentos quanto aos reais valores que se devem preservar numa vida, são fatores que contribuem ao comportamento desregrado dos adolescentes infratores. Tudo isso pode ser adquirido com a prática de esportes e quiçá com a transformação desse lazer em profissão.
Por isso, parabéns ao Poder Judiciário por essa iniciativa e ao Sport Club Corinthias pela consciência social.

        O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, desembargador Antonio Carlos Viana Santos, assinou nesta segunda-feira (22/3), o Acordo de Cooperação Técnica, celebrado entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Sport Club Corinthians Paulista, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e a Secretaria de Justiça do Estado de São Paulo, por meio da Fundação Casa. 
        Esse acordo tem como principal objetivo implantar um programa de reintegração social de presos, egressos, cumpridores de medidas alternativas, bem como de adolescentes em conflito com a lei, com incentivo ao trabalho e profissionalização. 
        O ministro de Estado do Esporte, Orlando Silva, abriu a solenidade: “É um compromisso muito grande, uma grande responsabilidade social que o Corinthians está assumindo”, falou. “Tenho certeza que o futuro destes jovens vai ser melhor, de hoje em diante”, completou. 
        Em seu discurso, o presidente do Tribunal de Justiça afirmou: “que esse evento sirva de lição de vida para todos”. Ressocializar os jovens é uma tarefa difícil, mas possível graças a iniciativas como essa”. E finalizou: “Prevejo sucesso na ressocialização destes jovens. Tenho certeza que alcançaremos os objetivos primordiais deste acordo de cooperação técnica”. 
        O secretário de Estado de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, Luiz Antonio Guimarães Marrey, falou sobre o acordo: “É uma iniciativa de grande generosidade e responsabilidade social do Corinthians”. “É nosso dever tentar melhorar a vida destes jovens, que tão poucas oportunidades tiveram em suas vidas”, completou. 
        Gilmar Mendes, presidente do Conselho Nacional de Justiça, elogiou a iniciativa: “É com grande alegria que estamos aqui para celebrar este convênio. Esta é uma oportunidade rara para os jovens que se beneficiarão deste acordo”. “É possível mudar. E hoje é um dia marcante para o judiciário brasileiro”, encerrou.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: